Pesquisa aponta Marilia Campos na liderança para prefeitura de contagem

Marília Campos aparece na frente na corrida para a Prefeitura de Contagem, na Grande BH, nas eleições de 2016. Pesquisa eleitoral divulgada pela Record Minas nesta segunda-feira (16) mostra que a ex-prefeita e deputada estadual (PT) tem 52,3% da preferência dos eleitores no cenário estimulado. O atual prefeito, Carlin Moura (PCdoB), aparece em segundo com 19,1%.

Os demais candidatos testados foram Irineu da Funec (9,9%) e Alex de Freitas (3,3%). Ao todo, 8% dos eleitores responderam que não votariam em nenhum deles e outros 7,4% não souberam responder.

A Paraná Pesquisas entrevistou 635 eleitores de Contagem entre os dias 6 e 9 de novembro. A margem de erro é de 4%.

Resposta espontânea

No cenário espontâneo, em que o eleitor deve manifestar um nome de sua preferência, 81,3% dos entrevistados não souberam responder. Foram 5,8% os que não votariam em ninguém. Em seguida, Marília Campos aparece com 5,7%, enquanto Carlin Moura teria 4,6%. Neste cenário, Ademir Lucas vem com 0,9%, Irineu da Funec e Milton Cardoso tem 0,5%, e outros nomes citados somam 0,8%.

Segundo turno

Também foram testados cenários para segundo turno. Marília Campos venceria os três adversários: Carlin Moura (56,7% a 24,4%), Irineu da Funec (62,8% a 19,8%) e Alex de Freitas (65,8% a 15,4%). O atual prefeito bateria Freitas (38,1% a 31%) e ficaria em empate técnico com Irineu (36,1% a 35,9%).

Quando perguntados em quem não votariam de jeito nenhum, 38,1% apontaram Carlin Moura. Marília Campos tem 17,5% de rejeição, Agostinho Silveira tem 11,5% e Roberto Tibúrcio tem 10,5%. Não souberam responder 14,5% e outros 10,9% poderiam votar em todos.

Eleitor de Contagem rejeita Dilma e aprova Pimentel

O instituto também testou o apoio dos eleitores de Contagem aos executivos municipal, estadual e federal.

São 62,8% os que desaprovam o prefeito Carlin Moura. 34,6% aprovam e 2,6% não sabem ou não opinaram.

Por outro lado, 48,4% dos eleitores de Contagem aprovam o governador Fernando Pimentel (PT). São 45% os que desaprovam e 6,6% não sabem ou não opinaram.

A presidente Dilma Rousseff (PT) sofre rejeição maciça na cidade. Entre os entrevistados, 84,9% rejeitam as medidas tomadadas pelo Palácio do Planalto. São 12,4% os que apoiam a petista, ante 2,7% que não sabem/não opinaram.

fonte:https://noticias.r7.com/minas-gerais/pesquisa-aponta-marilia-campos-na-lideranca-para-prefeitura-de-contagem-16112015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *